Psiu, Jesus te ama!♥

Cantinho pra vocês amantes e seguidores de Cristo que tem um TESTEMUNHO pra dar, sobre o que Deus tem feito sobre sua vida! Sintam-se a vontade e não tenham vergonha, Cristo já nos libertou dela, ninguém aqui está querendo julgar, apenas proclamar o nome do nosso SENHOR JESUS CRISTO. Pois toda mudança de vida causada por Jesus, é muito bem vinda aqui! Deus abençoe!

Envie seu testemunho  >clicando aqui<. :)

—————————————————————————————————————————— 

  • Karolayne - Cura

    Essa é “uma das” coisas maravilhosas que o Senhor fez na minha vida. Porque nada é impossível pra Deus. Na verdade, isso aqui foi fichinha. rs.

    Desde pequena sofri muito com “Bronquite Alérgica”. Uma doença que não te cura. Os maiores sintomas eram: Falta de ar (terrível) e tosse. Sempre orávamos pedindo ao SENHOR que me curasse. Quase tudo desencadeava uma crise: Pelo de gato/cachorro, poeira, pular, correr ( e eu sempre fui uma criança muito arteira, amava correr. E isso deixava a minha mãe maluca, por que a falta de ar atacava), até as mudanças no clima me faziam mal. E as crises tornaram-se cada vez mais frequente (Melhor eu nem contar o meu apelido na escola, por causa das tosses. Dá pra imaginar né?) Além do mais, durante os meses de Junho e Julho eu não conseguia dormir, pois as crises se agravavam por causa da Expoagro (exposições, rodeios, leilões e parque de diversão, que acontece TODOS os anos, até hoje). Tentei todos os tipos de tratamento, desde os caseiros, até os clinico, foi ai que encontrei uma “vacina”. Pra amenizar o meu sofrimento eu a tomava uma vez por semana. (Imagine, uma criança tomando vacinas uma vez por semana. Lembro que foi de tanto tomá-las que o meu medo de injeção acabou, rs). Enfim, teve um ano que a crise foi tão forte, que os meus pais já não aguentavam mais me levar na policlínica. Além de pedir oração para a igreja, fomos falar com o pastor. Pedimos pra ele orar por mim. Então ele orou e também me ungiu. Naquele dia, eu tive a experiência mais louca da minha vida. O que nenhum médico jamais conseguiu fazer em anos de tratamento. O Senhor, o Deus que cura, que sara e que liberta, O meu Deus, me curou. Naquela noite toda a minha família conseguiu dormir. E a partir daquele dia, eu nunca mais tive aquelas crises. Hoje eu corro, pulo, posso fazer tudo o que não podia, e muito mais. Graças a misericórdia do Senhor, hoje eu estou curada, em nome de Jesus. 

—————————————————————————————————————————— 

 Larissa - Cura

Olá, bom, esse testemunho considero uma vitoria pra toda minha família, por duas bençãos que ocorreu com toda essa situação em minha casa. Hoje tenho 15 anos, quando eu tinha meus 6 pra 7 anos, minha tia foi levada pra igreja, quem a levou foi uma amiga da nossa família. Então ela começou frequentar, se converteu, sempre minha tia chamava minha mãe, até um dia que ela também foi me levando junto, então começamos a frequentar, minha tia parou e se desviou totalmente. Esse ano 2013, minha bisavó a qual mora comigo (mora comigo, minha tia, minha mãe, minha vó, bisavó e bisavô), teve infarto e ficou internada na u.t.i entubada, por 1 mês, nesse meio tempo os médicos fez o que podia, até a medica chegar na gente e falar que só um milagre pra minha bisa sobreviver, o desanimo nos tomou, mas por um momento passageiro. Entramos em oração. Minha tia chegou na gente e falou que se minha vó saísse do hospital bem, ela voltaria pra igreja, mas não falou por ela mesmo ou da boca pra fora, mas sim porque sentiu no coração! Hoje minha vó tá em casa, muito bem graças ao Pai, minha tia foi uma vez até hoje na igreja, mas creio que ela voltara pra ficar dessa vez! Deus honrou ela, agora quem tem que honrar ele é ela. Bom pra mim isso são duas bençãos.

—————————————————————————————————————————— 

 Letizia- Restauração

Então, sou a Letizia…. me mudei com a minha família da Itália pra cá e a minha família estava totalmente destruída e com muita ajuda da minha igreja tudo deu certo!

Minha mãe tinha uma doença que afetava o sistema imunológico dela e dia 07.04.2013 ela foi morar com meu querido Deus… foi um tempo difícil pois meu pai estava desempregado.

Agora meu pai tem um ótimo emprego, em um ótimo cargo!

Com essas experiências entendi que, mesmo enfrentando as maiores dificuldades, é preciso continuar a amar a Deus!

—————————————————————————————————————————— 

 Thaynnara - Mudança de vida

Em 2011 eu me converti na igreja , fiquei firme mesmo mais me envolvi com um rapaz da igreja , mais como meus pais descobriram ( e como não são evangélicos  pedirão que me afasta-se da igreja . Me afastei. Em maio de 2012 comecei a andar com pessoas erradas( roqueiros) e comecei a andar em festas, comecei a beber, e desobedecer meus pais, não ia mais pra escola. Achava que aqueles como quem andava eram verdadeiros amigos , mas na verdade nem amigos eles eram. Fugir de casa 2 vezes , na 1ª nada aconteceu comigo mais na 2 fiquei entre a morte, mais Deus usou o meu pai onde  foi me procurar , como ele tinha visto na visão.

Aconteceu que mudei de escola, meus pais tiraram meu celular, internet  e nem na porta de casa saia, fiquei em depressão por estar sozinha e sem amigos.Sofria muito, meus pais me virão numa tristeza profunda e pediu para o meu tio que é pastor , para fazer um culto na minha casa foi ai que me reconciliei com Cristo, mais no momento era só pra me afastar do meus pais. Mais Deus meusou a cada dia, e me transformou. Hoje estou firme , e aquele garoto que tinha me evolvido uma vez, me pediu nessa semana em namoro e já pedi a permissão de Jesus .. Graças a Deus , está ocorrendo tudo certo. Deus realizou vários pedidos meus , e só tenho agradecer a Ele !! Obrigada, senhor .

——————————————————————————————————————————

• Bruna - Vida

Olá, meu nome é Bruna e estou viva. (Talvez você ache ridículo ler isso, mas para mim é muito importante. Você entenderá…)

Sou de uma família grande. Pai, mãe, uma irmã e um irmão. Sou a filha do meio. Quando minha mãe engravidou de minha irmã teve uma gestação complicada, primeira filha, início do casamento. Desentendimentos com meu pai. Meu pai não queria aquele bebê, mas a mãe se recusou a abortar. No nascimento as duas ficaram internadas por bom tempo, sem mal ter a visita do pai. Foram tempos difíceis. Dois anos mais tarde eu estava a caminho. Os problemas continuavam. Meus pais brigavam, minha mãe apanhava. E quando chegou a hora do meu nascimento o pai não quis levar minha mãe para a maternidade. As contrações começaram de manhã. As horas foram passando e as dores aumentando. Minha mãe teve que limpar a casa e fazer almoço para o meu pai e visitas dele. A mãe até tentou ir sozinha para a maternidade, mas as dores eram tão fortes que ela não conseguia caminhar. Conseguiu ligar para o meu avô e meus tios logo foram buscar a mãe. Eu estava encaixada, pronta para nascer. Mas minha mãe não poderia ter parto normal. Com isso fazia pressão, mas não podia nascer. As 23:50 da noite do dia 26 de abril eu nasci, após uma cesariana. Fiquei com a cabeça marcada e logo após tive problemas de saúde. Entrou água no meu pulmão. Fiquei algum tempo precisando ser internada. Minha mãe conta que vez ou outra começava a dar febre e a moleira na minha cabeça crescia. Ela corria para o hospital, me internavam. Eu melhorava e acontecia novamente. Certa vez, quando tive febre de novo, minha mãe disse que eu estava mal, mas o pai não acreditou. Ela insistiu e me levou na casa do pediatra. O pediatra disse para correr para o hospital que ele iria logo atrás. Chegamos lá, me deram medicamentos sem saber ao certo o que tinha. Melhorei. O pediatra disse à mãe que se ela demorasse mais cinco minutos eu estaria morta. Nunca descobriram o que eu tinha de fato. Mas uma coisa ficou marcada: Deus no controle de tudo. Passamos por muitas coisas, não dá pra contar tudo aqui. Demorei muito a reconhecer Deus como Deus da minha vida. E te digo, se não fosse o grande amor de Deus eu não estaria aqui. Deus cuida de nós o tempo todo, às vezes nós não vemos isso. Somos ingratos, reclamões, exigentes, como se tivéssemos o direito de sermos assim. Comece a agradecer mais e reclamar menos. Confie no poder e na soberania de Deus. Reconheça Deus em seus caminhos. Só Ele pode mudar/salvar a vida de alguém. Sou grata ao Senhor. Estou viva, graças a Deus!

——————————————————————————————————————————

• Danielle - Gravidez, vida.

Bom, meu nome é Danielle, tenho 16 anos, e bom… Estive desviada dos caminhos do Senhor por algum tempo e acabei pecando. Porém, voltei pra Jesus, mas descobri que estava grávida. Passei por provas e lutas com a minha família, já pedia a Deus forças para encarar as críticas e desafios. Porém, aos 2 meses de gravidez, fiz a primeira ultrasson e o embrião estava apenas com tamanho de 5 semanas. Mesmo assim, o médico disse que a data da ultima menstruação deveria estar errada e a ultrasson estar correta. Entreguei tudo nas mãos de Deus! Uma semana depois, eu estava com muito sangramento e fui a vários médicos e todos eles diziam que era pra esperar mais um tempo pra fazer outra ultrasson. Fui a outro médico e consegui fazer a ultrasson, ele disse que o embrião nao estava se desenvolvendo, e que infelizmente eu havia perdido o meu bebê, e que eu precisaria esperar o corpo eliminar o feto. Sofri muito! Me desesperei mas em nenhum momento me perguntei porque ou culpei Deus, simplesmente aceitei a sua vontade e sei que aconteceu o que foi melhor. No dia seguinte fui internada para fazer ‘curetagem’ que é a raspagem do útero,  e correu tudo bem, graças a Deus! Hoje, eu e meu namorado estamos firme com Deus, aceitamos o que Deus quis pra nossa vida, e creio, que na hora certa, Quando estivermos casados, com a nossa casa, com a nossa vida, Deus nos abençoará em dobro! Isso tudo foi para a Glória de Deus. Você, que culpa Deus pelos males acontecidos na vida, lembre-se que Ele tem o melhor pra sua vida e que não cai nenhuma folha de uma árvore se não for da permissão de Deus.

——————————————————————————————————————————

• Andréia - Meu testemunho de vida

Oi, tenho 15 anos e vou contar um pouco da minha história.

Cresci em uma familia feliz. Éramos católicos, mas não frequentavamos a igreja. Quando eu tinha uns 8 anos, minha tia nos convidou para ir na igreja dela. Fui eu e minha mãe. Bah, era uma igreja evangélica e era uma benção! Uns meses depois minha irmã começou a ir com nós. O unico que não ia era meu pai. Bom, meu pai ele era alcoolatra, mas ele nao aceitava isso. Um dia ele foi trabalhar com meu tio em uma outra cidade, e acabou passando mal e desmaiou. Meu tio levou ele  urgentemente para o hospital, e lá eles deram o diagnostico de que ele deveria fazer um tratamento de alcolismo. Eu tinha 9 anos. Então ele foi internado em uma clinica em outra cidade. Fiquei meio ano aproximadamente sem ver ele, ou mais até, nao lembro. Então ele voltou pra casa. Bah, era uma benção. Começou a ir na igreja com nós, e até aceitou a Cristo! Porém depois de um tempo, o Diabo tentou. As pessoas diziam: Bah, mas um copinho de cachaça não faz mal. Resultado: voltou a beber. eu tinha 10 anos. Paru de ir na igreja, e ficou mais mal humorado. Minha mãe, minha irmã e eu continuamos firmes em cristo, e orando para que ele voltasse pra igreja. Mas com o tempo ele começou a piorar, e começou a blasfemar contra Deus. Quando eu tinha 11 anos ele precisou fazer uma cirurgia, porém, com a bebida que ele tomava o remedio nao fazia efeito. Ele brigava com minha mae e dizia: quem é esse teu Deus ai agora que eu to assim, quase não consigo  me mecher? Minha mão só orava e esperava. E assim foi. Ele ficou bem, voltou a trabalhar, mas quando eu tinha 12 anos ele precisou fazer outra, da coluna. Porem dessa ele nao se recuperava. Ele ficava em casa sozinho porque minha mae trabalhava e eu e a mana estudavamos, e ele so passava bebendo. Foi assim por um ano, isso foi em 2009. No inicio de 2010, eu minha mae, e minha mana fomos na igreja normalmente, e nesses dias meu pai tava pior, tava falando mal de todo mundo e tava ficando cada vez menos tempo sobrio. Fomos no culto, e quando voltamos ele tava sentado na sala esperando. Ai ele disse: “sentem aq, quero falar com vocês” ai agente sento, ai ele disse que ja tava cansado de ficar sozinho, que minha mae tava tendo um caso com o pastor (lembrem-se que ele não estava sobrio) e falou falou, até que ele virou pra minha mae e disse: “e agora me diz: você prefere eu, ou esse teu Deus ai” ficou um momento de silencio e minha mae disse: “Deus”. Ele levantou abriu a porta e disse “ok, vou sair agora mesmo” e saiu. Eu chorei. Chorei muito. No meio da madrugada ele voltou, pra pegar umas roupas e saiu de novo. E foi assim por um tempo. Até que ele voltou pra casa e começou a agir como se nada tivesse acontecido. Nesse meio tempo ocoreu meu aniversario de 13 anos, que é em janeiro. Nesse meio tempo minha mãe começou a dormir em um colchão no meu quarto. E agente só orava. Um dia agente foi dormir. Minha mae veio, deito no colchão e agente dormiu. Derrepente do nada meu pai entra no quarto e diz: “Vem agora dormir comigo” e minha mãe diz “nao vou” e ele diz “tabom entao, mas ninguem vai sair desse quarto”. ele trancou a porta do meu quarto e deitou no colchao e queria que ela deitasse com ele. Ela disse ” destranca essa porta” e ele “nao, vem dormir comigo” e ela olhou pra mim com a maior cara de — desculpa por você ta passando por isso— e disse “tabom”. Ela foi e eu escutei eles discutindo a noite  toda. Minha mae disse: “você pensa que vai voltar como se nada tivesse acontecido, mas eu nao vou voltar atras da minha decisão, eu ja falei com um advogado.” . Meu pai entrou em desespero. Depois daquele dia ele começou a fazer de tudo por ela. Por uma semana. Na outra semana ele mudou completamente de atitude e pegou as coisas dele e disse que ia morar em outro lugar. fez minha mae levar ele até uma outra casa estranha lá com as roupas dele e ele ficou lá. Por dois dias. Depois ele voltou. Ai a coisa ficou seria. Ele pegou uma arma. Minha mae perguntou oq ele ia fazer, e ele disse: ” nao se preocupe, nao vou machucar você e as meninas” e saiu. Na mesma hora minha mae pegou eu e a mana, botou no carro e levou nós até o pastor. O pastor falou que Deus tava protegendo nós, mas agora ele (pastor) nada podia fazer quando o pai pegou a arma. Minha mae tava deseperada, e entao o pastor orou por nós. Depois eles ficaram conversando sobre a separação e o que dizia na biblia sobre isso. Dizia que é pecado a separação. Porém, quando o homem discrente pede a separação para a mulher cristã, e a mulher nao aguenta mais, ela pode se separar. Voltamos pra casa e minha mae foi logo na casa da mae dele fala com ela sobre a arma. Ela, minha vó e minha tia foram entao procurar meu pai, e encontraram ele na chacara dos meus avos (os pais dele). Eles fizeram meu pai entregar a arma pra minha vó. E assim ele fez. Passou-se mais uns dias, e meu pai foi morar com minha vó. Nesse meio tempo tempo minha mae e nós começamos a arrumar nossas malas. Minha mae arrumou uma casa para nós morarmos. Nos mudamos em 11/03/2010. Um tempo depois foi feita uma audiencia pra autenticar a separação e para saber com quem ia ficar minha guarda (pq minha irma é maior de idade). eu fiquei com minha mae. Passou o tempo, eu ia visitar meu pai as vezes, e quando eu ia la percebia que ele tava piorando. cada vez mais fraco e mais doente. Meus avós começaram a me precionar, dizendo que eu nao ia visitar e que ele tava ficando muito mal. Comecei a entrar em depreção, e nesse tempo eu me afastei de Deus. Chorava o tempo todo. Parei de comer. Parei muitas vezes no hospital por causa disso. Tava ficando cada vez pior. Até que um dia resolvi falar pra minha mae. Ela ficou apavorada e me disse que era pra mi parar com isso. que nada disso era culpa minha e que eu tinha apenas que orar. Ela orou por mim e me ungiu, pedindo a Deus que aliviasse meu corpo de toda essa culpa. Fui entao me aproximando mais e mais de Deus. Visitava meu pai regularmente, ia na igreja, me dava bem com todo mundo, tudo estava bem.

Pelo menos até esse ano. Começou ali na minha “festa” de 15 anos, em que uns quantos não foram porque meu pai tinha ameaçado os que tinham ficado do lado da minha mae na separação. Ok. Depois de um tempo, nao sei porque, mas eu nao gostava mais de ir na casa dele. Eu ia lá e ficava pior depois que voltava. Ele tava mal, a casa fedia a cachaça, e ficava sempre tudo fechado. Era horrivel. Mas continuei indo. Ali por abril desse ano mudei de igreja e entrei pro grupo de louvor. Dizem que é no grupo de louvor onde o inimigo mais atenta né? é verdade. Começou minha vida a ficar mais dificil, mas ainda assim, dessa vez eu fiquei firme. Ali por maio eu comecei a ter pesadelos, e toda a noite quando eu ia dormir eu ficava mal e me vinha uma coisa dizendo que meu pai ia morrer. Bah, ai sim me firmei mais ainda na palavra. Repreendi todo aquele mal e comecei a orar e orar e pedir pela vida dele.

— 10 de Junho de 2012 —

estava no culto, tudo bem, alegre. O louvor estava otimo, eu cantei e toquei. Na ora da oração o pastor chamou todos la na frente e eu fui, e fiquei do lado da minha amiga e da familia dela (pq minha mae e minha  mana ao vao na mesma igreja que eu). O pai dela me abraçou como se fosse meu pai, e orou por mim. Tava tudo ótimo. No final do culto, eu sempre vou com um irmão da igreja. Nesse dia eu estava esperando e conversando depois do culto, quando minha tia recebe uma ligação do nada. Ela vai pra um canto e começa a falar. Depois ela chega pra mim e diz: Hoje tu nao vai com o irmao, tua mae vem te buscar. e eu: ok. Fui la sentar. Minha tia entao (que por sinal é a missionaria da igreja) reune os pastores e os obreiro num canto e eles começam a conversar. Depois de um tempo, e ja estava estranhando tudo aquilo, e entao ela me chama. Tava ela e o pai da minha amiga (ele é capelao) ai ela diz: Nao queria ser eu a te dar essa noticia tão triste, mas eu tenho que dizer que teu pai acabou de falecer. BAH. Meu mundo caiu. Comecei a chorar muito, e todo mundo veio me abraçar. Ai eu disse: agora eu entendi por que tudo aquilo quando eu ia dormir. Era só Deus me preparando para o que estava por vir. Quando eu encontrei minha mae perguntei oq havia acontecido, ela olhou pra mim e disse bem calma que ele havia sido encontrado caido no chao da casa dele, frio e molhado. eles levaram ele pro hospital, mas ja era tarde. No atestado de obito dizia: causa: hipoglicemia, hipotermia, alcoolismo. Passei os outros dois dias em funçao do velorio e tudo mais. Foi a primeira pessoa que eu conhecia que eu perdi. Porem, como eu estava perto de Deus, foi um pouco mais facil de entender. Não me culpo por nada, por que fiz tudo o que podia, mas vi gente no velorio gritando e pedindo perdão. 

Por isso gente entendão: façam tudo o que puderem enquanto possivel. Nao vao ficar por ai com odio no coração, e remoendo coisas sem fazer nada pra ajudar, por que depois qe a pessoa se vai, não tem mais volta. 

Hoje faz 1 mes que ele se foi, e mesmo sendo dificil e a dor da saudade batendo forte, eu sei que foi melhor assim, mesmo sendo do nada, e ninguem sabendo o motivo e causa reais, pq até um dia antes ele tava bem, eu sei que se não fosse ter Deus aq comigo, eu nunca ia ter perdoado ele, e hoje estaria arrependida. Só digo uma coisa: Aproveitem enquanto podem e não guardem rancor.

Graças a Deus, eu sou forte o suficiente pra continuar firme na palavra e nao me desviar nesses tempos dificeis. Fiquem com Deus.

——————————————————————————————————————————

• Meu Deus não Falha - Deus me revelou, me livrou do laço e me curou!

Deus é minha base… Sou cristã, convertida a muito tempo mas nunca fui de frequentar a igreja, não por não gostar, mas a igreja que eu gosto e me sinto bem é muito longe de minha casa… No começo do ano de 2012 eu acabei me afastando demais de Deus, coloquei o Senhor em segundo plano em minha vida, quis fazer minha vontade, seguir os meus planos e entrei de cabeça no mundo… Tudo começou quando me apaixonei por uma certa pessoa, acabei não tendo olhos pra nada e pra ninguém… Mas essa história não começa assim… Quando era mais nova, fui ao uma igreja (a que eu estou atualmente e gosto demais) e uma serva de Deus me revelou que o inimigo estava doido pra me levar com um infarte eu acreditei mas segui adiante, me achava forte e não temia a nada! Certo dia, acabei fazendo uma besteria terrível de me contar, achava que iria aliviar a dor e supostamente foi isso que aconteceu… Passei a me contar sempre, tenho marcar até hoje no braço e na perna… Naquele momento me contar era a melhor coisas a fazer, estava triste, me sentia sozinha em meio a multidão, sorria o tempo todo para os outros querendo mostrar que estava ótima mas dentro de mim só eu e o meu Deus sabiamos oque estava acontecendo! Passaram-se os dias e acabei contando para minha mãe oque estava acontecendo e assim, ela me ajudou e parei de me contar. Depois de algum tempo acabei brigando com minha avó, fraca, sem esperança tentei me suicidar tomando muitos medicamentos mas não senti nada, não tive overdose nem algo parecido e olha que bebi mais de vinte cartelas! Passaram-se umas 3 semanas voltei a me cortar e resolvi usar droga… Usei a primeira vez, fumei maconha e a sensação foi “maravilhosa”, era tudo oque precisava naquele momento mas achei que precisava entrar em uma onda mais forte e logo depois de 3 dias acabei misturando a droga com outra substancia e usei oralmente, eram 3 horas da tarde (horário que normalmente eu orava, pedia à Deus proteção) e o efeito surgiu 3 horas depois (6horas da tarde)… Comecei a ficar mole, sem noção nenhuma do que estava fazendo, vendo, sentindo… Lembro como se fosse ontem, estava no computador conversando e comecei a passar muito mal! Quando isso aconteceu minha primeira atitude foi me jogar no chão e dobrar meu joelho pedindo a Deus que me desse mais uma chance, estava totalmente alucinada e fui tomar banho achando que o efeito iria passar, andei lentamente pro quarto e me taquei na cama mas logo levantei porque não conseguia ficar calma, meu coração batia muito forte, sabe a sensação de jogar um botão no chão e ele “pipocar” até cair? Então, assim estava meu coração! Quando me ajoelhei senti alguma coisa me puxar, como se fosse me levar pra outro lugar, vi um caminho claro, como se Deus estivesse me chamando mas eu não queria ir, porque sabia que se morresse naquele momento, não era pro céu que iria, sem contar que não era o tempo de Deus pra isso acontecer…. Eu comecei a clamar, a pedir o Senhor uma chance e fui deitar para ver se meu coração parava de bater tão forte, parecia que estava correndo em uma velocidade que nunca vi na vida! Logo que consegui fechar meus olhos, eu via a serva de Deus que me revelou do infarte orando por mim e falando assim “Deus, tenha piedade dela, da sua familia..” e via minha mãe pedindo por mim também, eu senti como se fosse uma gerra espiritual mas não consegui ficar muito tempo deitatada, eu não sabia oque estava acontecendo e fui provocar meu vômito porque aquela sensação era terrível, queria tirar oque estava me fazendo mal de dentro de mim, quando me agachei na frente do vaso ouvi uma voz ruim atrás de mim dizendo “Seca esse chão, você está tento um infarte e um derrame…” comecei a ficar apavorada e olhei no espelho e vi meu olho vermelho da cor de sangue e só pude pensar “Estou morrendo, nunca mais verei minha familia… Nunca mais!”… Desesperada fui tentar deitar novamente e dessa vez eu peguei a biblia para ficar do meu lado e só consegui dormir assim, eu sentia Deus do meu lado, naquela noite eu senti Deus regularizando meus batimentos, eu senti verdadeiramente a presença dEle! No dia seguinte acordei melhor e quando tomei coragem para contar pra minha mãe ela disse que estava nesse sonho, porque Deus mostrava pra ela o lugar onde eu ia e ela clamou mesmo no sonho ao Senhor para que me perdoasse… Depois de tudo isso, ainda fiquei 5 dias muito mole… Não sabia oque tinha acontecido comigo, fui buscar respostas e acabei descobrindo que tive uma overdose… E foi um milagre mesmo porque eu fiz tudo errado, não podia provocar vômito, ficar no claro, tinha tudo para morrer! Depois de tudo oque aconteceu fiquei firme com Deus, do meu jeito, mas eu fiquei! Muitos acham e  pensam que brinco com meu Senhor mas ninguém tem noção do tamanho da minha comunhão com Deus, acho até bom, porque quando mais perseguida que sou, sei que estou fazendo a vontade de Deus! De 2 mesês para cá, sofri de pressão alta, acho que foi resultado de tudo isso e mais algumas coisas… O inimigo queria se levantar de toda a maneira em meus pensamentos novamente e eu pensava assim: “Porque Deus ta permitindo tudo isso..?” Mas sabe o que eu percebi? Deus tem um plano para nós, as lutas veem sim, mas a vitória é certa quando estamos com Deus! As aprovações medem nossa fé! Tive que beber remédio de pressão como se fosse (hipertensa) por algum tempo, pedia minha cura à Deus, chorava em todas as minha orações, pedia respostas… Deus me deu a resposta em “Mateus”, diferentemente do que pensava, pensei que ele iria usar algum servo dEle para falar comigo… Cada vez mais fui conhecendo a verdadeira face de Deus, frequentar cultos etc… Nesse mês fui em um cardiologista e ele me disse que eu não era hipertensa… Nossa, eu fiquei tão feliz, recebi minha cura, eu nem acreditei! Cheguei do médico dobrei meu joelho e agradeci o meu PAI! Todos os dias entrego meu caminho, minha vida à Ele!! Eu amo a Deus sob todas as coisas, tenho orgulho de falar que sou cristã e sei que ele me ama e tem um propósito para mim!! Ele me mostrou o verdadeiro amor, e agora me diz, se tivesse feito alguma besteira de acabar com minha vida, iria viver tudo isso? Pela honra e glória do meu Pai, passei por isso tudo e hoje em dia estou aqui para dar meu testemunho vivo! Deus quer trabalhar em nossas vidas, basta nós queremos! Os planos dEle com certeza são melhores que os nossos… Estou decidida à levar a palavra de Deus para muitas pessoa, o Senhor me dará cada vez mais autoridade e me libertara cada dia mais das coisas do mundo… Eu confio nEle de olhos fechados! É isso, seguirei firme na vontade dEle!!! Amém *-*

——————————————————————————————————————————

Claudyane Brito - Vida

Puxe a cadeira sente-se vou te contar um pouco da minha História, pra você entender como Deus é capaz de mudar a História de uma pessoa.

 Eu tenho 17 anos, e desde pequena a minha vida não foi nada Fácil, meus pais se separaram quando eu tinha 6 anos, e eu fiquei muito mal, porque eu era muito apegada com eles, ter um longe de mim me machucou muito, mais eu fui crescendo, minha mãe sempre foi evangélica em razão disso eu ia sempre pra igreja com ela, mais quando eu fui crescendo isso não me trazia mais alegria, pois as pessoas me humilhavam muito, me chamavam de feia, me colocaram milhões de apelidos, era humilhação atrás de humilhação, eu andava sempre deprimida, e acabei saindo da igreja, comecei a namorar, ir em festas, beber, comecei a ir pelo caminho da perdição, mesmo assim eu não conseguia ser feliz, eu me achava muito feia sabe? Jovem. Eu olhava no espelho, e chorava e blasfemava contra Deus, eu não me aceitava, as pessoas me fizeram ficar de mal comigo mesma, e a minha vida foi assim só tristeza durante algum tempo, até que eu comprei um computador, e com a ajuda da minha melhor amiga, eu comecei a fazer fakes, eu criei um mundo Fake e escondia toda a minha dor no fake, eu criei uma vida de mentiras e era exatamente como eu queria que fosse a minha vida, e eu achei que a verdadeira felicidade era aquilo mentir enganar, e ate amar, eu até tentei voltar pra Igreja sabe? Voltar pra presença de Deus, mais a minha vida Fake parecia mais atrativa, e Deus foi me dando oportunidades eu fugia de todas elas e me escondia atrás da foto de alguém , até que eu comecei a namorar um menino pelo Fake, e sabe era incrível o nosso namoro, ele me amava, ou aliás amava quem eu parecia ser, e esse namoro durou três meses, assim no fake, até que um dia, Deus olhou pra mim, com olhos de amor, enviou uma missionária, que eu á chamo de anjo’ La em casa pra levar uma palavra pra mim, e eu ouvi e sabe meu coração pedia por Deus… Então eu tive que contar a verdade pra esse namorado meu, sobre eu ser fake, e ele há, ele até que aceitou, eu ser fake, mais não eu ser Crente, e como eu não queria perde-lo, eu abri mão de Deus, e continuei com ele, dias Depois ele terminou comigo, e eu fiquei sem ele, e longe de Deus, e eu até que quis voltar pros braços do pai, mais tive medo e confesso que um pouco de vergonha, então eu me refugiei de novo nos fakes e comecei a viver de tristezas, de chorar, de mentir enganar, e correr atrás dele, até que um dia eu descobri que ele estava namorando a minha melhor amiga, você não faz idéia meu jovem como aquilo partiu meu coração, eu quis morrer, eu quis Suicídio, era so isso que eu queria, chorei a noite toda, mais quando o dia amanheceu, recebi a ligação de um amigo “anjo” e ele conversou comigo, e me fez entender porque as coisas estavam dando errado, porque eu estava sofrendo tanto, era a minha desobediência que estava me levando a ruína, e então eu comecei a pensar, e a me lembrar das promessas de Deus pra minha vida, e Sabe? Eu comecei a sentir saudades do Pai, orei, chorei,  e meu coração ficou mais leve, fui pra igreja, e La eu aceitei Jesus mais uma vez, ah meu jovem você não faz idéia do peso do fardo que eu tirei das minhas costas, me senti perdoada, e no outro dia sabe o que eu fiz? Fui La e pedi perdão pra minha amiga, e desejei que ela fosse feliz, e hoje? Bom hoje eu estou mais feliz do que nunca, me sinto renovada curada, Deus me deu uma nova vida, hoje me olho no espelho e vejo uma princesa linda, com um sorriso lindo, e um coração saltitante de alegria, daqui pra frente vai ser só felicidade, vai vim dificuldades vai sim, mais o Deus do impossível vai esta do meu lado e mal nenhum eu temerei, e quanto a namoro? Ah meu jovem, na hora certa ele vira, e vai ser meu, vou descansar no braços do Pai, e esperar o tempo dele, porque é o melhor tempo pra mim.

——————————————————————————————————————————

• http://prophesying.tumblr.com/ - Livramento e namoro

Bom, minha historia é sobre namoro. Eu acabei me apaixonando por uma pessoa totalmente errada, e sempre pensei que poderia ajudar ele a mudar, se converter. Nosso namoro começou totalmente errado, as escondidas. Durou 4 meses ate que ele decidiu ir para outro estado para trabalhar e ” construir ” nosso futuro junto…. depois de um tempo eu decidi terminar com ele, e então comecei a ficar firme na igreja de novo, ate me batizei.

Voltamos a conversar e o que eu sentia por ele voltou tambem, mas ele falava que eu tinha mudado, estava ” crentinha ”, brigamos muito por msn…. ate que depois de alguns meses ele ” mudou ” e voltamos…

Depois de alguns tempos ele voltou para minha cidade e decidimos assumir o namoro…. foi complicado, tudo ficou dificil…

Busquei ajuda a Deus, pedi para que se não fosse ele o escolhido para mim que Deus tirasse aquele amor que eu sentia…. entao os dias foram passando e eu nao conseguia sentir mais nada por ele.

Deus me livrou de um laço pois o que ele me prometia não estava nos planos dele a serem cumpridos. Mas Deus não desistiu de mim e me livrou.

Espero que o que eu passei possa ajudar alguem, pois sentimentos, relacionamentos para quem esta começando a se firmar com Deus podem aparecer, mas aparecer para te tirar dos caminhos d’Ele

Um conselho: ”Espere no Senhor, é a melhor opção, a melhor escolha que alguem possa fazer, Deus tem alguem para você, somente espere, espera!”

——————————————————————————————————————————

http://love-and-war.tumblr.com/ 

Bom,ano passado eu me apaixonei por um menino que estudava comigo.Eu era novata e ele também.Eu tinha 12 anos,e por mais que eu achasse que aquilo seria uma coisa boba,não era.Eu comecei a gostar “mais” dele a cada dia e certas vezes eu desconfiava que ele gostava de mim.Comecei a ficar obcecada por ele ,e depois descobri que ele gostava de outra menina e isso me deixou muito mal.Comecei a escutar músicas tristes e me cortar,pela primeira vez,fiz isso umas cinco vezes e queria continuar fazendo.Tive até vontade de me matar ,mas Deus me segurou forte,pra eu não fazer nenhuma besteira.Quando me falavam para esquecê-lo e esperar em Deus eu não queria saber,só queria ele,queria que ele se convertesse e fosse meu namorado,queria “ficar” com ele até se fosse preciso,namoraria com ele escondido.Eu pensei em fazer muitas coisas erradas.No último dia de aula eu resolvi dizer a ele que gostava dele.E ele disse que queria ficar comigo.Minhas amigas queriam que eu ficasse com ele ,mas eu não fiquei,eu sabia que aquilo era errado.Algo me dizia que não,não e não.E eu não fiquei.Nas férias viajei com minha família e ficava orando a Deus para esquecê-lo e Deus realmente me ajudou.Eu esqueci ele e hoje em dia só quero esperar e eu sei que Deus tem o melhor pra mim.Esse ano ele está gostando de mim,mas ele não é o tipo de pessoa que eu gostaria de namorar,mudou as atitudes e eu imagino que Deus tenha me livrado de uma ” fria” e eu sou eternamente grata a Ele ! Meninas ,se vocês estão apresadas assim como eu estive,achando que não vai mais se apaixonar por ninguém,a não ser ” ele ” ,você deve pedir orientação à Deus e nunca,nunca faça o que eu fiz,nunca pense em tirar sua vida por um alguém,ore ,ore e ore e Deus mostrará o caminho !


——————————————————————————————————————————

Halline - Nasci de novo

Olá meninas(os), meu nome é Halline, tenho 15 anos, bem é complicado pra mim contar essa história, mas vou tentar. 

A mais ou menos 3 anos atrás me apaixonei por um garoto, eu estava afastada da igreja, ele também não era evangélico. Comecei a me envolver muito sério com ele, sendo que eu não sabia aonde estava me metendo. Na verdade, o menino não queria nada sério comigo. Ele me maltratava, me falava coisas horríveis, eu me sentia feia e não entendia o porquê dele não se apaixonar por mim, foi ai que eu tentei o suicídio pela primeira vez. Mas isso não fez com que a minha paixão por ele acabasse, até que eu descobri que ele estava namorando, tentei me matar mais uma vez e esse tipo de situação passou a ser constante. Meus pais descobriram como ele me tratava e fez com que eu me afastasse, para mim aquilo foi o fim, dessa vez eu estava cansada de tentar, tentar e nada acontecer, eu queria mesmo morrer, ingerida 1 cartela de um remédio super forte, o qual eu sabia que apenas 1 comprimido abaixaria minha pressão, foi nesse momento que eu percebi quão grande é o amor de Deus na minha vida. Nada aconteceu comigo, absolutamente NADA, eu acordei com uma imensa vontade de chorar e arrependida de tudo que havia feito. Mas mesmo assim continuei sem ir a igreja, eu não queria compromisso com Deus, comecei a beber, a ir a bailes e a fazer coisas que eu jurei que nunca faria, percebi que minha vida estava tomando um rumo pelo qual eu não queria, então eu resolvi mudar, resolvi dedicar a minha vida totalmente a Deus. Hoje eu faço parte do ministério de coreografia da minha igreja, tenho amigos, prego a palavra, namoro, tenho um ótimo relacionamento com meus pais, estou super bem na escola e sou muito feliz.

Bem meninas, inúmeras vezes tentei acabar com minha vida, inúmeras vezes tomei sérias atitudes para que isso acontecesse. Mas percebi o erro que estava cometendo. Deus tinha e tem um plano para minha vida, eu não poderia acabar com tudo. Morrer não resolve problemas. 

Aprendi a enfrentá-los de uma maneira mais sensata, aprendi que sempre pode haver uma virada e uma da coisas mais importante que descobri foi: Deus não desiste de mim, Ele me ama incondicionalmente! Tentei resumir no máximo, é complicado e um pouco recente falar sobre isso, mas espero ter ajudado e aberto os olhos de quem está passando por isso. Beijos e Deus os abençoe!

——————————————————————————————————————————

Natália - Livramento e bençãos

Bom, minha família sempre foi católica. Quase nunca íamos á igreja, mas sempre minha mãe arrumava um jeito de se juntar comigo para fazermos orações. Estava tudo perfeitamente bem. (pelo menos, eu achava, no momento.) Até que um dia meu pai decidiu contar para a minha mãe, que traia ela á alguns meses. O começo foi bem difícil. Mentira. Todos os 2 anos que eles ficaram separados, foram terríveis. Durante esse tempo, meus pais não brigavam, mas como não tinha um lugar fixo para ficar, meu pai sempre voltava para casa, uma hora ou outra. E depois ia embora.E minha mãe deixava, pois ainda amava-o muito. E ela sofria muito com isso. Ela sempre chorava, não queria mais comer nada. Tinha mudanças de humor constantes. E eu estava começando a ficar maluca com todas essas mudanças. Ninguém me perguntava nada sobre como eu estava, minhas amigas estavam se afastando de mim, e eu apenas ficava no meu quarto, vendo a minha mãe sofrer. Chegou um dia, que ela tentou suícidio. Na época, não me contaram nada, mas eu descobri por mim mesma. Ela ficou internada durante um mês. Quando ela voltou do hospital, meu tio, que é evangélico, chamou minha mãe para ir á um Encontro com Deus, e ela foi. Quando voltou, me disse que tinha se convertido, e sido batizada. Depois de alguns meses, no nosso bairro, foi construida uma igreja batista. E á 3 anos e meio, frequentamos lá. Depois de alguns meses que eu também me converti, meu pai largou a antiga namorada e voltou para casa. Minha mãe, e toda a nossa familia o perdoou. Ele virou outra pessoa, agora sempre está presente, sempre dócil, pelo fruto de nossas oraçãos. Depois que tudo já estava bem novamente. Em dezembro de 2010 sofremos um acidente de carro. Apenas eu machuquei, meu figado foi cortado em literalmente, dois pedaços. Os medicos disseram que precisavam me operar, mas o unico exame que tinham feito em mim para garantir a cirurgia, tinha sumido. E só foi aparecer 3 dias depois. Quando fizeram o exame novamente. Eu já estava curada. Enfim, era Deus mostrando que estava ao meu lado á qualquer momento. E desde esse dia, Ele vem protegendo a mim, e toda a minha família. Eu espero que você saiba que ele sempre vai morar no seu coração, apenas deixe-o entrar. Que Jesus abençoe todos vocês.

——————————————————————————————————————————

• Fabiana Trevisani - Revelação, julgamentos, namoro.

Bom, eu sempre fui de igreja, desde os meus 7 anos. Sempre fui em retiro, e sempre ia nos cultos. Eu sou vista com olhos diferentes na minha escola por ser a única evangélica. Por isso há uma cobrança maior sobre mim. Por eu ser de Igreja, tenho que ser exemplo e etc… Então qualquer coisa sou vista com outros olhos. Tive uns problemas com uma professora e sai xingando ela na internet, e ela leu. Fui pra diretoria, e uma amiga foi junto comigo porque ela sempre estava comigo e acharam que ela fez também. Na diretoria apontaram o dedo na minha cara e perguntaram quem era o Deus que eu seguia. E eu fiquei quieta e só fui escutando. Ai falaram que fui eu que fiz o orkut da minha escola falando mal de todos, e até colocaram um ex que não tinha nada a ver, na história. Que eu achava que ele era o amor da minha vida, mas ele estava soltando fumaça por ai. E falaram um monte pra minha amiga também. Me arrependi até de ter xingado a professora. Mas ai passou, fui olhada diferente por todos e decidi me isolar e ficar conversando com Deus o tempo todo, na sala, no intervalo. E a escola virou a ser um lugar que eu não suportava mais viver, porque todos apontavam o dedo na minha cara e diziam que fui eu quem fez o orkut falando mal de todos, mas não foi. Comecei a orar, pedi para que Deus mostrasse que não era eu e que meu ex, que eu amo muito, voltasse a frequentar a igreja, e largasse as drogas e que se fosse da vontade de Deus, voltasse comigo. Ai tudo bem, dia 10 teve vigilia na minha igreja, ai eu tava com salto a noite toda, e a vigilia ia começar 11 horas da noite, então fui na casa de um amigo pedir um chinelo, pois meu pé estava doendo por causa do salto. Ai na vigilia, fizemos uma roda e entramos em oração, decidi ficar descalça pois meu pé doia muito. Então um pastor da cidade vizinha chegou em mim enquanto estava orando e perguntou: “Por que você esta descalça?” ai eu “Por calor mesmo…” ai ele “Só por isso?” ai eu “Não, porque meu pé esta doendo” Ai o pastor disse assim “Sabe o que é ficar descalça perante Deus? Humilhação. Deus permitiu que seu pé doesse para você se humilhar diante dele. E dentro de um mês, todos que apontam o dedo na tua cara, vão ver o Deus que você segue. E o que você tem pedido tanto, vai vir pra você.” Passou uma semana, o meu ex (Thaunay), falou com uma amiga, no dia 15, e no dia 16, quando eu ia fazer minha prova de quimica, ela falou que tinha novidades, e eu curiosa, perguntei sobre o que, ai ela disse que era sobre o Thaunay, então eu falei,” Ahhh, conta agora.” ai ela contou, falou que ele estava com saudades de mim, e que quer falar comigo. Ai acabando a aula, eu liguei pra ele, ai eu “O que você quer?” ai ele “Quem ta falando?” ele disse isso super bravo, ai eu “A Fabiana” ai ele “Ah, oooi”, mudou até a voz. Ai eu “O que você quer?” ai ele “Um minuto” ai eu “Um minuto nada, tenho que ir pra casa, beijo, tchau, outro dia a gente se fala.” e desliguei. Ai eu fiquei curiosa né… liguei assim que cheguei em casa. Ai eu falei “Pode falar agora”, ai ele de novo “Um minuto”, ai eu esperei né, ai ele “Então, to sentindo falta de alguém do meu lado, e pensei em você. Porque você é a única menina, de todas que fiquei, que presta. E a gente ja tem uma historia.” ai ele falou mais um monte, então eu “Eu tenho que pensar, porque você me machucou muito.” ai ele “Me desculpa”, ai eu, “Relaxa, ja foi. Mas eu tenho que pensar”, ai ele “Ok, eu te entendo” ai ok, eu desliguei. Ai eu fiquei maquinando na minha cabeça né o que eu ia fazer… ai ficou nisso. No dia seguinte ia ter casamento da prima da minha amiga (a mesma que foi na diretoria comigo), e eu fui junto porque ela era minha amiga tambem. Ai ta, foi o casamento, ai na festa do casamento, no fim da festa, eu vejo um menino de boné vermelho pegando bebida. Ai eu virei pra minha amiga e disse, “Cabrita (chamo ela de cabrita), é impressão minha, eu to louca, ou aquele de boné vermelho é o Thaunay?” ai ela “É ele mesmo!” ai nos fomos falar com ele, ai eu “Thaunay, o que você ta fazendo aqui? E bebado ainda por cima?” ai ele “Vim aqui ué…” ai ele me puxou e disse “Vem Fa, vamos dar um role como os velhos tempos”, ai eu “Não!” e sai… Ai no dia seguinte a gente conversou por internet mesmo. Ai ele falou que ele precisava amadurecer, precisava de um tempo sozinho, pelo menos pra dar um tempo pros meus pais, ja que eles nunca aceitaram a gente junto. Ai tudo bem, eu convidei ele pro meu aniversario, só ia passar eu, minha prima, minha cabrita e ele. Meus pais foram pra outra cidade e eu fiquei sozinha. Ai eles foram em casa, e no momento de recaida, a cabrita falou que queria beber, compramos bebida, bebemos e tal. Ela e a minha prima foram no banheiro vomitar, foi quando eu fiquei sozinha com ele e fiquei com ele, depois de muito tempo. Ai depois de um tempo, as meninas foram embora, e ele ficou comigo em casa. Ai eu falei, “Você quer voltar?” ai ele “Quero”, ai eu “Então pede”, ai ele olhou no meu olho, disse um monte de coisas linda e me pediu em ca-sa-men-to, sim casamento. Ai tudo bem, voltamos. Mas o problema que meus pais não gostam dele, nem meu irmão, porque ele era drogado e tal. Então entrei em oração, para que meus pais vissem que ele mudou, e deixassem eu namorar ele. Ai tudo bem, passou um tempo, as pessoas daqui ja esqueceram o assunto do orkut, ninguem falava mais de mim, o assunto abafou, e minha fé só foi crescendo. Passei a falar com Deus todos os dias, todas as horas. Ai no culto de Natal, fazia um mes e meio que não via o Thaunay, então o pastou começou a pregar olhando pra mim. Ai ele disse assim: voce ta pedindo alguma coisa a muito tempo, e nao vem. Ate dia 31, se for bencao para esse ano de 2011 ainda, ate dia 31 11:59 chega. E não pense que só porque ta demorando, Deus não te ouviu. Ele ouviu. Mas esta dando esse tempo para você ter maturidade e responsabilidade o bastante para cuidar dessa benção. Voce ta preparada para ser responsavel? Ai eu: “Amem”. E antes disso, no sabado dia 24, o Thaunay disse assim pra mim, eu tinha perguntado se ele queria terminar por estar muito dificil pra gente, e ele: “eu realmente nao sei.. eu quero mt continuar, mas para ter um namoro serio! um namoro gostoso, um namoro que os 2 possa curtir.. mas desse jeito nao ta dando mesmo e vc sabe disso, quem considera isso um namoro? nao e’ nada de bom assim.. nenhum de nos 2 absorve nada de bom assim.. teu irmao, teu pai, sua mae, nenhum deles aceitam, e jamais vao aceitar. como que voce espera que eu fique num namoro assim.  olha fa, se voce conseguir convencer os seus pais ate o ano novo, eu fiko com vc.. pq dai eu vou saber que vai ser um ano pestacula.. agr se nao conseguir, oq adianta? 2 meses sem se ver? realmente nem da” ai eu entrei em oração sobre isso, e no dia 25 o pastor me disse isso. Ta tudo a meu favor. Por mais que esse ano tenha sido horrivel, Deus esteve comigo e sempre me ajudou quando mais precisei. Fui assaltada, Deus zelou pela minha familia e não deixou os bandidos tocarem um dedo na gente. Deus ta fazendo muita coisa a meu favor, e tem usado muita gente de Deus pra me ajudar a seguir o caminho correto. E assim que meus pais deixarem eu namorar o Thaunay, vou levar ele num culto. Deus é mais! Obrigada Deus por tudo que o Senhor tem me dado! 

——————————————————————————————————————————

 Esther Alencar - Santidade

Eu sempre quis ser uma menina diferente de todas as outras , tipo ter uma marca em mim…. por isso na escola eu era a estilosa ..a menina que tinha varios amigos e tals” Isso é ridiculo! Chegou um dia que Houve uma tentativa de assauto no carro que eu estava minha mae , meu irmao mias velho e irmã mais nova.. foi um SUSTO muito grande..entao minha mae desviou do assalto no carro e bateu no portão de uma igreja (coincidenciatalvez kk) e lá passamos um bom tempo eu tinha 11 anos ..e assim que chegei eu vi que Jesus tinha algo paara mim! e eu fiquei ali apaixonada em meios a jovens de 20 anos uma menininha de 11..era estranho ..eu nao podia ir pra retiroa , acampamentos , evangelismos ! todos duvidavam ..para uma menina que se converteu com 11 anos hj eu tenho 13 nunca beijei a boca de um menino! e eu agradeço pela oportunidade ao Senhor ..minha lider tbm nunca beijou..e eu decidi viver pura ao senhor ate meu casamento ..ter um marido reservado como eu me reservo ao senhor! Vale a pena (EuEscolhiEsperar e vc?)

——————————————————————————————————————————

Mariana - Restauração

Eu fui ao encontro com Deus na minha igreja so que tipo , eu via todo mundo falando em linguas e tudo , eu la so chorando, gritando, e caindo muito, eu me arrependia de tudo mais sei la eu nao sentia o poder, eu tinha ido com meus primos e a namorada do meu primo , eu me juntei com mesu primos e os lideres vieram fazer uma oraçao na gente , e aee toda a minha vida passou pela minha cabeça em minutos , todos os meus erros e acertos , e ae o percebe que era Ele, naquele momento eu percebi que estava sendo salva pelo meu Deus , aee a lider disse que nos seriamos fonte de bençaos na nossa familia . Aee eu percebi que Deus nunca avia me abandonado e entao meses depois no Cursao , eu falei em linguas e to firme ate hoje .

——————————————————————————————————————————

Thamara Oliveira - Vida

Como a Gabriela, eu não vim de família evangélica, a minha mãe ia pra Igreja quando eu era menor e me levava junto, e a nossa vida era boa, sem muitas brigas, com muito amor e união, até que um dia a gente se mudou, aí paramos de ir pra Igreja.. foi aí que nossa vida começou a piorar, todo mundo brigava, todo mundo tava sempre discutindo aqui em casa, nada dava certo, meu pai não permanecia em emprego nenhum, minha mãe perdeu a confiança nele, a minha vida tava um caos.. eu tinha 7 anos quando isso começou a acontecer.. eu cresci num meio de caos, brigas e discussões, nada dava certo, parecia que Deus tinha se esquecido de nós.. mas alguma coisa em mim dizia que não, que era pra eu confiar que Deus ia mudar aquela situação.. toda noite antes de dormir, eu orava e lia Bíblia, tinha esperança de que algo mudasse.. uma vez eu ouvi alguém dizendo que enquanto o Espírito Santo de Deus estivesse comigo, Ele não ia me deixar esquecer de orar e buscar ao meu Senhor.. ás vezes eu ia deitar cansada, ou com preguiça, aí vinha uma voz na minha cabeça e me dizia assim: “vamos, ore Thamara” ou “Thamara abre a Bíblia, vai” mas eu fui relaxando, fui perdendo a vontade e passei  ’ignorar’ essa voz na minha cabeça, até que ela me deixou, eu não ouvia mais essa voz.. aí as coisas começaram a piorar.. muita gente diz que é drama de adolescente, mas não é.. só eu sei a dor que eu sentia.. meus pais brigavam todos os dias, meus irmãos passavam dia e noite implicando um com o outro, eu não tava aguentando mais.. até que um dia eu resolvi dar um basta nesse sofrimento todo.. eu peguei o calmante da minha mãe e virei, bebi o frasco inteiro, e tava cheio ainda.. eu tava esperando morrer de overdose, eu tinha 12 anos.. mas a única coisa que me deu foi sono, mais nada.. e é estranho, porque uma dose daquelas devia ter matado uma criança.. eu tentei vários jeitos de me matar, mas nada dava certo, eu sobrevivia.. um dia, eu tinha 14 anos já, eu tava com mt cólica, aí minha vó colocou uma bolsa de água quente na minha barriga, daquelas que ligam na tomada, sabe? então.. eu me cobri, e o edredom abafou a bolsa e fez pegar fogo.. começou um pequeno incêndio no meu quarto e eu achei que ia morrer, entrei em pânico, foi quando eu vi um homem, no meio da fumaça que me falou assim: ainda não é tua hora, te acalma pequena.. (hoje, quando eu lembro dessas palavras eu ainda choro muito..) o fogo começou a baixar e eu fui me acalmando, aos poucos.. foi quando a minha vó entrou no quarto pra ver se eu tava bem e viu uma fumaceira.. eu tava dormindo, tinha sido um sonho.. minha vó disse que eu podia ter morrido, que podia ter pego fogo, e que não sabe como eu não acordei.. uns tempos se passaram e eu continuei a conviver com as brigas dos meus pais em casa.. tava ficando insuportável.. foi quando me ‘apresentaram’ o cutting.. eu não lembro bem como comecei, só sei que chegou uma hora que eu não sabia mais parar.. algo me chateava e eu me cortava, a dor(emocional) passava, mas volta muito rápido, e voltava com a culpa.. aí eu me cortava de novo.. era um vício, um ciclo sem fim.. até que, numa dessas, eu perdi o controle, cortei muito fundo o pulso.. mais uma vez eu devia ter morrido.. nem lembro como a minha mãe me encontrou, mas me levou pro hospital, levei 12 pontos no pulso.. quando eu tava no hospital, tive um sonho com uma voz que falava assim: ‘filha minha, quem intenta contra meus planos, fracassa. não tente mais por fim a tua vida pois eu sou teu pai e tenho planos maravilhosos pra ti.’ eu não entendia porque Deus intervia tanto.. eu tinha desistido Dele, mas Ele não desistiu de mim, os planos Dele eram muito grandes na minha vida, e Ele não ia me deixar frustra-los.. depois disso, minha mãe me mandou pra terapia, e lá Deus foi me curando.. não voltei pra Igreja, mas voltei pra Deus, hoje sou totalmente Dele.. faz 6 meses que eu não me corto e 1 ano e meio que eu parei de tentar me matar.. fui me fortalecendo no Senhor Jesus  e, quanto mais forte eu ficava, mais provações ele me fazia passar.. eu me perguntei porque disso, e a resposta veio rápida na minha mente: porque Deus quer ter certeza de que eu vou suportar o que ele tem preparado pra mim.. o Senhor separou um menino pra minha vida, o meu homem.. estamos a 4 meses juntos e muita coisa vem tentando nos separar, mas a gente não desiste, eu orei muito e sei que esse é o homem que o meu Senhor separou pra mim.. quando tudo fica muito difícil, eu dobro meus joelhos e oro.. lembro do meu Senhor Jesus na cruz e que Ele não desistiu apesar de todos os sofrimentos que passou, e que ele não desistiu por mim, então eu não tenho o direito de desistir, por Ele <3

——————————————————————————————————————————

• Gabriela Arruda- Proteção

Eu não vim de uma família evangélica e só fui me converter ano passado, sou a única convertida da minha casa, só tinha a minha vó paterna evangélica e sempre gostava de ir na igreja com ela, mas eu sempre fui diferente, sempre pensava e agia diferente das minhas amiga e primas, e quando eu tinha 6 anos, a minha mãe me buscou na escola, e nós fomos em uma loja, pra ela comprar gelo, quando eu sai do carro, atravessei a rua ( que era mt movimentada ) correndo, e quando eu estava quase chegando ao outro lado, fui atropelada, isso aconteceu na semana do meu aniversário de 7 anos, fiquei 2 dias desmaiada, sem nenhum movimento, nada, praticamente em coma, e uma semana na UTI, quando fui pro quarto, foi a semana na qual acordei, mas mesmo assim não conseguia falar, não saia voz da minha boca, eu não conseguia andar, não sentia meus braços e nem minhas pernas, depois de 2 dias no quarto, eu consegui falar e depois de uns 4 dias, voltei a andar e sentir meus braços e pernas, eu lembro que minha mãe fez uma festa no hospital pra mim, pra comemorar meu aniversário, haha *-*

depois que eu fui pra casa, não estava totalmente recuperada, e recebia várias visitas o dia inteiro, era bom. kkkk

mas eu creio que eu estar viva hoje foi realmente um milagre de Deus, era um proposito que Ele tinha pra mim, pena que eu só fui perceber isso depois de 12 anos de vida, agora eu estou super firme na casa do Senhor, estou fazendo a obra d’Ele com o maior carinho e amor que eu tenho, porque Ele merece *-*

——————————————————————————————————————————

• Stephanie Martins - Proteção

Sou Stephanie Martins, 15 anos. Evangélica desde que nasci. Quando eu tinha 4 anos, minha irmã mais velha estava fazendo uma experiência pra escola, era tipo um “vulcão” e eu estava vendo. Quando ela foi pegar o alcool em cima do armário, pegou uma cadeira, subiu e pegou. Aí ela passou perto do fogão ligado e começou pegar fogo no braço dela, no desespero ela tacou a garrafa de alcool , e foi na minha direção. eu tava do lado do “vulcão”. É, começou pegar fogo em mim. nas minhas pernas, no meu braço, no meu rosto. Minha irmã ficou desesperada e eu me lembro da dor que sentia. Fui para o hospital, fiquei na CTI, nem os médicos acreditavam que eu poderia sobreviver. Mas eu acreditava, mesmo sofrendo, sabe porque? A minha fé era tão grande, e eu sabia que Deus tinha um propósito pra mim, mesmo tão pequenina. Eles me furavam para proucurar veia. Me lembro uma vez que furaram nos dois lados do pescoço, braços, e até mesmo nos pés. Minha mãe quando viu aquilo ficou doida e mandou eles pararem. Teve outra vez que eu estava tendo alucinações e via fogo cair do céu pela janela do hospital, fiquei apavorada. Gritei minha mãe que se assustou e disse que era fogo de Deus, para me acalmar. E eu me acalmei na mesma hora. Quando eu tive alta do hospital, a igreja e todos amigos da família estavam me esperando em casa com muita festa. Eu nunca fui uma criança triste e nunca julguei Jesus pelo que aconteceu comigo. Pelo contrário, isso me fez uma pessoa muito melhor, que não esquenta a cabeça com problemas, pois apesar de serem grandes para nós, são pequenos para Deus, o meu Pai que sempre cuidou de mim.

——————————————————————————————————————————

Sorrio Para a Vida - Não ser deixada para trás.

Bom vim falar do meu testemunho que para muitos pode ser bobo e que eu deveria ter me esforçado mais nas coisas que faço, mas para mim todas as minhas conquistas mesmo que pequenas significam muito e todas eu dedico a Deus. Esse começo de ano decidi me esforçar mais nos estudos, mas em exatas sempre tive uma certa dificuldade, só que sempre conseguia uma média acima de 6,0 e para mim já é uma conquista. Mas nas últimas semanas comecei um jejum para conseguir passar de ano e acabar com essa tortura logo. Logo nos primeiros dias consegui passar direto (sem recuperação paralela) em química e física. Mas fiquei em matemática e fiz a prova de recuperação normal. No dia de saber a nota meu professor apenas disse: 90% das pessoas do ensino médio que fizeram a prova não recuperaram e somente 10% passaram. Entrei em aflito, mas busquei a Deus que operasse um milagre nessas notas, pois não queria passar o mês de dezembro na escola. Fui à igreja e minha mãe disse: você vai passar em matemática. No mesmo instante profetizei isso em minha vida. Ontem fui à escola e o professor disse: foi difícil mexer em sua média, mas você conseguiu passar. Meu coração entrou em festa ao escutar essa maravilhosa notícia, por isso digo que qualquer conquista que tiver desde as mais simples, devemos dedicar à Deus pois só Ele pode determinar tudo em nossa vida.

——————————————————————————————————————————

Anônimo - Deus me livrou do homossexualismo.

Bom, desde pequena eu assistia Xena- A Princesa Guerreira e isso de certo fato influenciou muito. Ela era lésbica na série, certo? Então, eu queria ser ela, era meu maior desejo, até brincar que era ela eu brincava. O resultado disso eu me sentia muito atraída por meninas, muito mesmo. Eu sonhava em beijar uma, em fazer tanta coisa com uma menina, e quando eu digo sonhar eu quero dizer em sonhos mesmo. Isso me aprisionou por muito tempo, eu sentia desejo, muito desejo. Isso as vezes me dominava. Eu não aguentava mais essa situação, eu sabia que aquilo não era normal de mim, que aquilo era obra do maligno, eu sabia disso. Eu assistia pornografias com isso e ai ficava pior. Eu tentava me livrar, me libertar e não conseguia. Era uma coisa que vinha realmente do diabo, uma coisa suja, uma coisa que estava matando minha vida pouco a pouco. Eu não aguentava mais viver assim, eu queria a vida que Deus tinha sonhado pra mim, e eu tinha que fazer o meu desejo por Deus ser maior do que meu desejo de namorar outra menina… Eu sabia que ia ser dificil, que eu ia ter que travar uma luta interior contra mim mesma, e contra o diabo é claro, e essa luta ia ser muito grande. Foi muita dor, eu orei, clamei, e resolvi dar os primeiros passos. Eu sabia que havia brechas na minha vida que faziam o diabo entrar. Enfim, parei de ver filmes pornôs, parei de olhar revistas imorais, ouvir musicas do mundo e fui continuando. Comecei a buscar mais santidade, comecei a orar mais, a ler a Bíblia, a pedir e clamar para a única pessoa que poderia me ajudar: Jesus. E assim, pouco a pouco eu fui me libertando do homossexualismo. Foi dificil, foi doloroso, teve muito sacrifício. Consegui, quer dizer, Deus conseguiu realizar seus planos em mim. Recado pras meninas que sentem desejo por outras: Orem, se santifiquem, busquem a liberdade desse desejo, ele nao vem de Deus, vem do maligno e isso levará a morte. Hoje, eu sinto nojo de mim mesma, sou hetero, e é dificil se libertar das cadeias do inimigo. Mas, Ele te sara, te cura e te limpa. Ele me libertou, vai libertar você também. Deixe Deus agir. Eu deixei Deus agir, nao foi fácil…. Ele me amou, me perdoou, e vai continuar a me amar. Deus me libertou do maligno!Deus me libertou, me sarou, me curou, me restaurou, me fez mais do que vencedora, me limpou. Ele quebrou os grilhões. Hoje, eu namoro com um menino, e o amo muito. E não me arrependo nem um minuto de ter seguido a vida que Deus preparou pra mim.

——————————————————————————————————————————

Crazy Feelings - Desejo

Nossa são tantas coisas maravilhosas que o SENHOR faz em minha vida que eu nem sei qual testemunho contar kk. Deus é fiel até naqueles seus desejos que vc acha q não são importantes sabe, aquelas coisas que vc acha que é bobeira sua. Há algum tempo atrás eu fazia inglês na minha igreja era supeer barato e tals e era só no sábado e nem sempre eu ia. Esse inglês q eu fazia eu achava meio informal afinal, era na minha igreja e como eu iria provar que eu fiz ele. Então eu fiquei com um desejo no meu coração de fazer inglês em uma escola de inglês, pra aprender de verdade, pra mim me esforça essas coisas e falei pra Deus que eu desejava fazer inglês em uma escola e que eu sabia que eu não tinha condições porque é caro e tals. O tempo passou e eu me esqueci disso, alias acho q foram 5 meses que se passaram, e então a minha professora de inglês da igreja recebeu uma proposta de emprego em uma escola de inglês e ela teria que trabalhar no sábado, então ela disse a eles que aceitaria a proposta se eles liberassem ela no sábado pra dar aula pra gente ou eles dessem uma bolsa pra gente estudar lá na escola. Eles ficaram com a segunda opção e hoje eu estou fazendo inglês lá. Pra mim isso era um desejo tão banal, mas Deus me deu atenção e realizou isso pra mim *-*.

——————————————————————————————————————————

Lorraine - Cura

Muitas pessoas acham um absurdo eu me dedicar completamente a Deus. Acham que eu deveria ‘aproveitar’ mais a vida. Mas eu tenho motivos pra entregar minha vida a Jesus. Eu tinha um problema parecido com lepra. Meus pés e minhas mãos tinham pouca pele. Muitas vezes sangravam. Meus olhos descascavam. Minha pele quase chegou a ficar em carne viva. Eu não podia deixar entrar água nos meus ouvidos, porque inflamavam. E se desse uma inflamação muito forte, eu poderia ficar surda. Meus pais brigavam demais. Meu pai bebia e fumava. Minha mãe era ignorante. Eu me refugiava na minha avó. Mas em certa época, ela teve câncer na garganta e entrou em depressão. Minha família quase entrou na miséria. Eu ia pra escola, mas não prestava pra muita coisa. Eu só chorava. As meninas de lá não ligavam muito pra mim. Eu era a gordinha, a maria-joão. Qualquer coisa dessas. Os meninos amavam me zoar. Mas eu não ligava. Não pra isso. Eu já tinha problema demais pra ligar pra isso. E o pior, era que eu não conhecia a Deus. Eu não sabia que tinha um amigo. Eu ouvia falar de Deus, eu acreditava nEle. Mas eu raramente ia pra igreja. Minha família não era disso. Até que um dia, meus pais começaram a brigar demais. E estava chovendo. Meu pai estava muito irritado, fez as malas e saiu na chuva. Achei que não teria mais noticias dele. Até que uns dias depois eu o encontrei na rua. A gente se abraçou. E sinceramente? Foi o melhor abraço que eu já dei em alguém. Depois ele voltou pra casa. E logo eu percebi as mudanças. Um dia eu o vi jogando as cervejas na pia. Ele não brigava mais com a minha mãe. Ele não bebia. Ele não fumava. Meu pai simplesmente era outra pessoa. Até que um dia ele me disse que me levaria a um lugar especial. A gente foi na igreja. Lotada. Muita gente mesmo. E ele tava lá participando da reunião,e  eu brincando com um menino do meu lado. Que parecia vesgo. Até que no meio da adoração, no meio daquele clamor a mãe do garotinho começou a gritar, e dizer que o filho dela estava enxergando normalmente. Aquilo só deu mais força pro meu pai. Ele me explicou tudo. E disse que se a gente quisesse, Deus me curava também. Foram apenas três dias de oração. Eu acordava e me olhava no espelho. Nada. Até que no terceiro dia, eu acordei simplesmente.. normal. Depois daquilo, minha mãe foi pra igreja também. Minha avó operou do câncer e saiu da depressão. Meu pai mudou de emprego. Eu mudei de escola. Com 10 anos eu me batizei. Com 13 eu fui batizada no Espirito Santo. E eu vejo pessoas dizendo pra eu desistir disso. Mas cara, não dá. Seria ingratidão da minha parte. E eu jamais vou fazer isso.

——————————————————————————————————————————

• Eduarda - Vida
Bem, quando minha mãe recebeu a notícia que estava grávida, minha mãe ficou desesperada. Não queria, não queria mesmo. Muitos, assim como a minha avó, que ainda não era evangélica, aconselhou a abortar.. e durante a gravidez, minha mãe sentia muita dor, tinha depressão, desmaiava, ficava muito mal, não dormia. Depois quiseram que ela fosse em um centro. Mas a minha avó não queria e a levou para uma igreja, em que o pastor falou que fizeram trabalho para o bebê não nascer. Assim, minha mãe foi levando, orando.. Aí, quando eu nasci, nasci uma criança bela e com saúde. Alegria total. Quando tinha 4, 5 anos, eu estava em um “rio” num sítio, e de repente eu comecei a ser levada… Para um lugar com muita correnteza e várias pedras ponteagudas.. Quando estava na beira de cair numa pedra, uma menina que eu não sei de onde veio me pegou forte e me trouxe para a beira, onde fui “socorrida”. Passou algum tempo, e com quase 6 anos, eu estava no quarto do meu irmão, que de repente, o ventilador começou a pegar fogo, e incendiou o quarto inteiro, menos aonde eu estava. Desesperada, gritei a minha mãe, meu pai, mas ninguém ouviu. Chorando, olhei pro lado e vi uma pessoa parecida com um anjo que me deu a mão, e sem falar nada, me fez passar por dentro do fogo, e sair do quarto, e logo depois desapareceu. Quando saí do quarto, minha mãe veio, e eu estava sem um arranhão, sem nada! Minha mãe me abraçou tanto…E foi assim. Um pouco mais crescida, eu estava na igreja, e uma mulher ficou endemoniada. Eu fiquei desnorteada, chorando, perturbada, me mexendo muito, não sei o por quê. Então, minha mãe me orou e tudo ficou bem. Há pouco tempo atrás eu voltei da célula (reunião) e fui dormir. Cinco horas da manhã acordei com a minha prima que não estava na minha casa dizendo: Ora Eduarda. E minha mãe, que estava dormindo disse: Ora alto Eduarda. Então orei, e quando acabei, dormi no mesmo minuto. Hoje, eu tenho apenas 11 anos, e sou evangélica, e amo Deus e Jesus loucamente. Nada pode me separar do meu caminho. Sei que mais tentações virão, mas Deus eviará livramento, para Honra e Glória de Jesus.

——————————————————————————————————————————


Meus pais se casaram, e minha mãe queria muito ter filhos, ela tentou de muitas maneiras engravidar, mas não conseguia de forma alguma… Ela pedia muito a Deus para que Ele desse para ela um filho. Depois de 7 anos de casada, minha mãe finalmente engravidou. Esse era o que ela mais queria. Foi uma gravidez complicada… pois minha mãe tinha um problema no colo do útero e tinha que ficar de repouso absoluto. Estava tudo preparado para eu nascer no dia 9 de março Mas no dia 5 de março, minha mãe foi a no médico, para fazer uma consulta de rotina… O médico achou muito estranho o formato da barriga da minha mãe e pediu exames de ultrassom. Os médicos descobriram que eu estava enrolada no cordão umbilical, e não conseguia respirar e nem comer fazia dias e que se esperasse até o dia 9, eu morreria. Tudo foi feito ás pressas no mesmo dia, mas eu nasci as 19:15 do dia 5 de março, com peso de um bebê prematuro. Fiquei em observação, mas correu tudo bem…
Quando eu já tinha 4 meses, eu estava no colo do meu pai, enquanto minha mãe estava na cozinha, fazendo almoço, havia algumas panelas no fogão com água fervendo… Minha mãe subiu em uma cadeira para pegar alguma coisa no armário, e a cadeira escorregou e minha mãe iria cair de costas no fogão, meu pai no desespero e no reflexo… Me colocou no chão e foi segurar minha mãe, antes dela cair…. Nessa confusão meu pai levou a mão nas panelas que estavam no fogão e as panelas caíram todas em cima de mim… Quando minha mãe levantou, me viu no chão, molhada, chorando e saindo muito fumaça, ela tirou a minha roupa e a minha pele praticamente derreteu, meus pais me levaram correndo pro hospital… Chegando lá… Os médicos ficaram horrorizados, com a minha situação, me transferiram pra um hospital que segundo eles teria melhor condições de me atender… Nesse outro hospital o médico xingaram muito meus pais… E disse que era um absurdo deixar acontecer uma coisa tão grave com um bebê tão pequeno. Meus pais tiveram que explicar o acidente para a polícia e para psicólogos do hospital, pois eles acharam que poderia se tratar de uma tentiva de homicídio. Os médicos não deram nenhuma esperanças pra o meus pais… Disseram que meu estado era gravíssimo, e que eu teria 2% chance de sobreviver, e ainda que se eu sobrevivesse o que era praticamente impossível, eu não conseguiria mexer os dedos, os braços e não nasceria nenhum cabelo, pois tinha queimado muito a minha cabeça.
Queimei 70% do corpo todo… Foram queimaduras de 1° 2° e 3° grau… (Existem três tipos de queimaduras 1° 2° e 3° onde o 3° grau é mais grave) Fiquei no CTI um tempo … E precisei tomar soro por uma veia da virilha, pois não tinha lugar onde os médicos pudessem, furar para achar uma veia.
Meus pais ficaram desacreditados e desesperados… No domingo minha mãe foi a igreja pedir oração pela minha vida, e quando a igreja clamava em meu favor, levantou um irmão da igreja que minha não conhecia e disse em profecia: - Serva minha não temas eu sararei a sua Semente.
Minha mãe se agarrou aquela palavra e acreditou que Deus poderia fazer um MILAGRE…
Hoje estou aqui viva para Honra e Glória do Senhor…
E se querem saber… Eu nunca fiz uma cirurgia… Tenho os movimentos dos meus dedos e dos meus braços normais… Tenho cabelos para dar e vender… Tenho cicatrizes apenas nos meus braços e mesmo assim são poucas…
EU sou um MILAGRE VIVO…
E que minha vida seja usada para que outras pessoas acreditem em MILAGRES e em DEUS

——————————————————————————————————————————

• Marcella - Amiga
Bom, eu tenho uma amiga, que não acredita em Deus, pelo caso de Ele não fazer milagres na vida dela.
Eu sempre levei ela em minha igreja, fiz com que ela lê-se a bíblia, e que até fosse a escola dominical comigo. Mas nada disso adiantou, ela falava que Deus não fazia milagres na vida dela.
Teve uma hora que eu falei - Deus só faz milagres se você deixa-lo abitar em tua vida, fazer um renovo em tua vida.
Ela começou a ir a igreja, mas mesmo assim não acreditava em Deus e nem em Seu Amor.
Até que um dia, o pastor de minha igreja fez uma revelação, e falou para ela que Deus existe, que Deus só vai fazer milagres se ela começar a entrar no plano do Senhor.
Ela começou a ir a igreja, e hoje ela está super bem. E acredita no nosso Senhor Jesus.

——————————————————————————————————————————

Mirian - Escola
Ano passado uma menina cristã se transferiu para onde eu estudava e nós tivemos a ideia de fazer um “mini estudo bíblico” nos intervalos. A direção da escola nos apoiou, cedeu a biblioteca e lá nos colocávamos louvor, liamos alguma parte da biblia e falamos do amor de Deus.
Foi lindo, tão lindo que mesmo depois da escola eu vejo muitas crescendo em Cristo. Eu sei que dá aquele pensamento “mas o que eles vão pensar de mim? que sou crente?” Pois é, mas se tu segue a Cristo você não deve se envergonhar, deve ir mesmo.. amigos meus que odiavam a Deus e eu nunca pensei ver estudando a Bíblia participaram e adoraram… Abençoe seus amigos, comece assim ;)

——————————————————————————————————————————

• Ketlin Prata - Cura
Em tão pouco tempo Deus já tem feito muito na minha vida, eu tinha um problema no coração que eu desmaiava e eu tinha que tomar remédios e em pouco tempo na igreja, eu já não toma mais remédios e eu tinha uma Cisto no ovário que ele podia até me deixar estéreo e teve uma cruzada de milagres na minha igreja e eu clamando pedindo para Deus a cura, eu senti u uma dor muito forte na minha barriga e eu não tinha entendido o que era aquilo ai amém eu cheguei em casa eu falei que tinha sido curada e ninguém acreditou e depois de um tempo eu fui fazer o exame ai Médico pegou e falo “há quanto tempo você  está tomando o remédio” ai eu disse “há uns 5 meses” ai ele disse “nossa você reagiu super bem ao remédio, não tem mais nada” eu fiquei emocionada ao ver como nosso Deus é Fiel. Aos olhos humanos foi o remédio mas nós sabemos que foi o Senhor Maravilhoso! Queridos não existe enfermidade no Reino dos Céus!

——————————————————————————————————————————

• Alinee - Emprego
Bom, depois de chorar aqui lendo todos os testemunhos eu vou dar o meu! Há muito tempo eu venho pedindo um emprego pra Deus eu venho orando e pedindo que ele me dê apenas o que eu mereço! Ru trabalhava numa fabrica de calçados e fiquei lá por quase dois anos, não era o que eu queria, mas no meu coração eu tinha que era o que Deus queria pra mim! Ai nas minhas orações eu dizia que se fosse da vontade Dele, que eu saisse de lá. A fabrica vai fechar e eu acabei saindo! <as sempre orando, com muita paciência então ontem no final do culto eu fui pedir para o pastor e a pastora da minha igreja orarem por mim, para qe as portas dos empregos se abrissem pra mim. Foi ai qe a pastora me falou que ela conhecia um cara que tava precisando de uma menina pra trabalhar no escritório, e que ia falar com ele. E que h o je me daria a resposta! Eu orei, pedi e disse qe se fosse da vontade de Deus, que eu conseguisse esse emprego. Logo depois do almoço a pastora me ligou dizendo que o cara e a mulher dele iam vim na minha casa falar comigo! Resultado, o emprego é meu!  Por isso nunca dexista, espereem sempre em Deus porqe Ele sempre tem o melhor pra ti no tempo certo! Seja fiel a Deus e Ele te dará vitória, Deus vê as tuas lágrimas, Ele vê todo teu esforço e tenha certezaa qe as tuas orações nunca são em vãs! Deus é maaais!

——————————————————————————————————————————

● Gisele Alves - Vestibular
Quando eu estava fazendo pré-vestibular a maioria a minha volta não acreditava que eu iria passar e de fato eu não passei. Mas eu continuei orando, sem deixar de acreditar que aquele era o meu ano, o ano em que entraria para uma universidade publica e Deus me honrou. O meu curso tinha 100 vagas e eu era a 180ª colocada, mas fui chamada, fui a ultima a ser chamada e quando entrei na sala da coordenação pra me inscrever a coordenadora disse “não era pra você ter entrado, nem sei porque entrou” Agora me diga se não foi Deus???? Ele é assim, te testa ate o ultimo instante para ver até aonde sua fé vai e quando você já não pode fazer mais nada, quando é necessario um milagre, então ele age. Eu fiquei muito triste quando vi que minha colocação estava muito baixa, mas não desisti, continuei orando,pra quem perguntava eu falava que ainda seria chamada e a cada reclassificação lá estava eu toda esperançosa.Ele fez 80 pessoas sairem pra eu entrar =) Ele me dá asas quando o chão some.Ele acredita em mim,quando ninguém mais acredita.

——————————————————————————————————————————

Marília França - Benção financeira
Tudo começou quando eu me tornei líder de um célula, na primeira vez que fui ministrar eu teria que falar sobre fé. E eu estava vivendo isso, pois no dia 17 de abril, teria um congresso de resgate da nação em Porto-Seguro e eu sonhava em ir, mas o custo era muito alto e não tinha nem 15% do dinheiro! Eu ministrei, levei grãos de mostarda para cada uma ver como a fé que precisávamos ter para mover um montanha era consideravelmente pequena, falei que se aquele grão de mostarda tivesse a possibilidade de olhar pra dentro de si, ele veria que não tinha nada a oferecer por ser a menos semente, mas que ele não fazia isso, ele tão somente se deixava plantar, e por isso se tornava a a maior árvore de mundo! Eu ministrei a célula no sábado de tarde e a noite nós teríamos um seminário, e logo depois do seminário iríamos jantar com nossos pastores, eu só tinha 10,00 R$, que era pra colocar no cofre de ir pro congresso, na hora da oferta, Deus me pediu pra dar o dinheiro, meu coração disparou, pois era o dinheiro de Porto-Seguro que eu já estava tirando pra jantar com os pastores… Eu fui ofertar e realmente meu coração estava com paz. No final da história, o jantar não houve porque o seminário acabou muito tarde e várias pessoas ofertaram na minha vida pra eu ir pro congresso!

——————————————————————————————————————————

Lia - Cura
Com dois anos e meio, eu tive uma pneumonia com derrame de pleura,pra que não sabe o que é, é que ficava secreção entre o meu pulmão e a caixa toráxica. Eu fiquei cerca de 3 dias na UTI e mais 22 dias no hospital, antes de eu ficar doente, Deus já havia falado para a minha mãe que um vento muito forte viria da parte de Deus, mas passaria. Então, o que consolou a minha mãe durante a minha doença foram essas palavras! E fui curada pela graça de Deus, e hoje estou viva para a sua adoração. Com 9 anos, eu tive outra pneumonia, mas dessa vez, era mais fraca.Eu precisava tomar uma vacina que era muito cara, e não tínhamos condições de pagar na época, eu já havia perdido as esperanças. Então, foi quando eu e minha mãe fomos até o posto de saúde e perguntamos sobre a tal vacina, uma doutora de lá disse que já estavam todas empacotadas quase sendo transferidas para outra cidade, mas para a honra e glória do Senhor, eu fui autorizada a tomar a vacina sem ter que que pagar nada!
Hoje sou muito grata a Deus por ter me dado essa oportunidade! Hoje tenho 13 anos e vivo apenas para adorar ao Senhor , o único e suficiente Salvador da minha vida!

——————————————————————————————————————————

• Maria Júlia - Namoro
Meu namorado era do mundo, e ninguém dava nada por ele. Quando eu comecei a gostar dele, eu conversei com uma amiga minha, ai ela disse: "mas você tem que prestar atenção, pra não acontecer de invés de você ganhar ele pra Jesus, ele te ganhar pro mundo". Mas eu não aceitei aquilo pra minha vida. Eu tinha certeza que Deus iria me honrar, foram meses de muita oração, muitas noites mal dormidas, e muitos travesseiros molhados de lágrimas. Mas em menos de 6 meses eu vi Deus agindo, o Douglas aceitou a Jesus, hoje é ministro de Louvor, é uma benção na minha vida! No retiro de carnaval Deus confirmou que o projeto que ele tinha pra minha vida e a do Douglas era JUNTO. Ele tinha desenhado esse namoro desde o ventre das nossas mães. Ai um tempo atrás eu tava meio triste, querendo terminar, por consequencia , indo contra os planos de Deus, já tava tudo certo pra terminar com ele, isso foi na quinta a noite, quando foi na sexta na hora do almoço o Douglas sofreu um acidente, que por muito pouco não aconteceu o pior. O que eu tiro disso tudo é que é preciso confiar naquele que é o Deus forte, porque ele só quer pra gente o melhor , eu fiquei imaginando depois, e se ele tivesse morrido? Eu nunca ia me perdoar. Mas Deus é misericordioso, teve misericórdia da vida dele, e deu mais uma chance pra gente confiar, e esperar , porque ninguem frustra os planos de Deus.

——————————————————————————————————————————

Ana Luiza - Cura
No ano passado, no dia 7 de outubro, eu estava super animada porque ia em um show com minha melhor amiga, e a gente adorava a cantora. Depois do show, eu estava muito cansada e só então comecei a perceber que estava sentindo uma dor do lado direito um pouco abaixo do umbigo, e a gente ainda teria que esperar a mãe de uma amiga dela para buscar a gente. Nos sentamos e ficamos esperando e a dor só ia aumentando até que a mãe da menina chegou e nós entramos no carro. Quando eu sentei a dor piorou e eu só queria ir pra casa, mas ainda teria que ir pra casa da minha amiga esperar minha mãe. No prédio dela não tem escadas, e foi uma luta pra eu conseguir subir um andar, mas eu consegui e tomei um remédio. Passou um pouco a dor até que minha mãe chegou. Quando nós chegamos em casa já era quase meia noite e eu não consegui ficar em pé pra tomar banho, então deitei e fiquei me contorcendo de dor, e meu pai resolveu me levar no hospital. Fui lá, tomei remédio, passou um pouco e voltei pra casa. Às cinco da manhã eu ainda não tinha conseguido dormir e a dor tinha aumentado, meu pai me levou de novo no hospital e dessa vez me internaram e afirmaram que eu estava com infecção intestinal, a essa altura eu tinha que andar de cadeira de rodas. Do meu lado tinha uma menina mais ou menos da minha idade e o pastor da igreja dela foi orar por ela, minha vó viu e chamou o pastor, ele veio, conversou um pouco e depois orou por mim, e disse que era pra eu ficar tranquila, Deus tinha algo para mim. Então eu esperei e no dia seguinte, sábado de manhã, me deram alta. Eu fiquei ainda sentindo dor e tomando remédios até que segunda eu não aguentei mais e minha mãe me levou em uma clínica particular, e o médico disse que era melhor minha mãe correr comigo pra um hospital porque era caso cirúrgico e grave só de olhar. Ela foi correndo comigo e chegando lá, antes de tudo, eu teria que passar pela médica e fazer exames, fiz tudo e fui até a médica e ela ficou apertando minha barriga e disse: mãe, não é nada. E minha mãe insistiu: por favor, encaminha ela pro cirurgião, quero ouvir dele. Depois de muita luta a médica me encaminhou. Chegando na sala do cirurgião, tinham dois, eles olharam o raio-x e se entreolharam como se dissessem: só um milagre. Então começou aquilo tudo, prepara ela na maca, coloca o soro na veia, blábláblá. E então minha mãe percebeu que era grave e começou a chorar, meu pai tentando acalmar ela dizendo estar tudo bem. Meu apêndice tinha estourado a dias. Tudo dentro de mim estava sujo. Um pedaço do meu intestino estava podre. Era questão de algumas horas pra eu poder morrer, ou menos de algumas horas. Então começou a correria para a sala de cirurgia, e a única coisa em que eu pensei foi orar, eu orei como nunca, eu só parei de orar quando fui tomada pela anestesia, dizendo: Deus, não deixa os homens incompetentes me operarem, me opera o Senhor. Algumas horas depois eu acordei e fiquei sabendo que tinha ocorrido tudo bem na cirurgia e que em alguns dias eu poderia voltar pra casa, mas continuar em repouso. Quando eu estava no meu quarto, minha vó estava comigo e viu aquele mesmo pastor passar pelo corredor e chamou ele, ele entrou no quarto e disse: amém, Deus te deu uma nova chance de vida, Ele tem um propósito para você. E orou comigo. Hoje eu só tenho a cicatriz, que às vezes dói, e algumas pessoas vem me contar de pessoas que não sobreviveram a primeira hora da cirurgia, e eu dou GLÓRIA A DEUS.

——————————————————————————————————————————

Thais - Conversão 
Desde os 4 anos eu ia para a igreja, que se chamava Ministério Verbo Vivo, minha familia toda era convertida, minha familia foi batizada, todos eram “firmes” na igreja sabe? Passado um tempo, minha mãe não estava mais a fim de ir a igreja,ela não concordava com as coisas que o Lider dela falava, e desistiu de ir, então meu pai acabou desanimando, e meu irmão também,assim eu não freqüentava mais também,apesar de eu ter pouca idade, eu lembro até hoje como era, ira pra salinha, ficar com os “tios”, brincar, aprender sobre a palavra,eu morava perto da igreja, e todo domingo a tarde eu ia na padaria com o meu pai, e sempre falava “Pai quando agente vai a igreja ?”, e ele sempre falava se domingo que vem der a gente vai, mais todo domingo era assim, e nunca agente ia, sempre acreditei em Deus,mais querendo ou não eu era do mundo, falava palavrão, não honrava meus pais,só vivia em guerra com o meu irmão, por muitas vezes as vizinhas me levavam a igrejas, mais nunca me senti bem dentro de uma,pra mim era chato, preferia ficar em casa assistindo TV ou sair com os amigos. Até que um dia a dona da casa onde eu morava resolveu vender a casa, e na época meu irmão era Obreiro da igreja “Paz e vida”, e não tinha nenhuma outra casa para morar, todas estavam a venda e eram muito caras, aquele mês foi um mês muito difícil para minha família,mais meu irmão era firme na igreja, fazia campainhas de oração, não faltava em nenhum culto etc.. Então apareceu uma casa que não ficava muito longe, então nós mudamos pra lá, (minha atual casa), tive que dar meu cachorro para minha vó, isso me deixou muito triste, na escola eu não tinha tantos amigos, sempre fui meio sozinha, na escola todos sempre me deixavam de lado, eu tinha um cabelo bem curtinho era igualzinho a menina da foto da minha dash, e as outras meninas tinham cabelo cumprido e elas sempre me chamavam de “menininho” por isso, eu sempre ficava triste por causa disso, quando eu mudei de escola até que apareceu alguns amigos verdadeiros mais poucos bem poucos,tinham muitas pessoas e ainda tem que eu sempre ouvia falando mal de mim, ou do meu tênis,e sempre ficava um vazio dentro mim, eu sempre me sentia indiferente das pessoas,até que um dia se mudou 3 mulheres para o meu prédio , elas se chamavam Célia, Mariana e Isadora, Célia era a mãe as outras garotas as filhas, consegui fazer uma certa amizade com elas principalmente com a Mariana,teve um dia que ela me convidou pra ir na igreja dela que era o Ministério Verbo Vivo,mas quando ela me convidou eu senti que deveria ir,então fui, teria uma festa, para comemorar a nova rede que se formava, rede HEBROM, fui muito bem recebida pelas pessoas,elas pulavam com os louvores,gritavam, e não tinham vergonha de nada,quando voltei pra casa eu sabia que era aquilo que eu queria para a minha vida,não queria sentir mais aquele vazio que me incomodava muito, então todo domingo eu ia a igreja e sentia Deus tocando a minha vida,hoje somente eu vou a igreja, meu irmão freqüenta Centro Umbanda, meus pais não vão de jeito nenhum, mais eu creio que eu e minha casa servirão ao Senhor,porque um dia foi assim, eu creio que irá acontecer, agradeço muito a Deus por ele não ter desistido de mim, por ter me dado amigos verdadeiros que eu sei que eu posso contar, e mesmo minha família não indo a igreja, minha família é maravilhosa, aqui em casa ninguém bebe,meu pai não bate na minha mãe, como acontece em outras famílias. Hoje eu faço parte da rede Hebrom, minha segunda família, meus amigos meus companheiros, guerreiros de Deus!

——————————————————————————————————————————

● Erika LimaMudança de vida, Vestibular e Estágio.
Bom, eu praticamente nasci no evangelho, conheço a palavra desde os meus 7 ou 8 anos, mas me firmei mesmo, levando o evangelho como sendo uma coisa que eu queria pra minha vida inteira, aos meus 15 anos. Sempre fui vaidosa e como não tinha conhecimento das coisas do mundo, tive muita curiosidade em conhecer, queria experimentar, saber como é, mas com o tempo, Deus foi me libertando completamente daquelas coisas, eu fui crescendo e entendendo o evangelho do Senhor, e vendo que eu não tinha nada a ver com aquele ambiente, sabe? eu fui percebendo que o meu lugar era perto de Deus, que o mundo não tinha nada a me oferecer, e se tivesse, era tudo passageiro.. diferente do que o Meu Deus tinha pra mim. Muita gente não dava nada por mim, diziam que eu não duraria muito sendo cristã, que eu era obrigada pela minha mãe, mas eu sabia que não.. adorar a Deus era o meu prazer, apesar das tentações.. enfim, Deus foi me libertando e moldando, e hoje eu me considero uma nova criatura em Cristo Jesus. 2010 foi um ano de muitas lutas pra mim, e ao mesmo tempo um ano de vitórias. Ao final de 2009 eu e minha irmã mais velha prestamos vestibular na universidade federal, ela passou e eu não, ela sempre estudou em escolas federais e eu em particulares, o curso dela era duas vezes mais concorrido que o meu, e mesmo assim eu não passei. Eu fiquei feliz por ela, mas muuuuuito, muuito triste por eu não ter conseguindo, todos a minha volta achavam que eu não passaria, e todos tinham razão, eu comecei a pensar, murmurei, questionei ao Senhor se Ele havia me esquecido, me abandonado, se não tinha planos pra mim.. foi um final de ano doloroso pra mim. No começo de 2010 sofri perseguição dentro da minha própria igreja e eu me sentia desmotivada, sem forças, sem fé, sozinha. No carnaval, teve o congresso de adolescentes do qual eu participei, e o pregador da noite trouxe uma mensagem profética da parte de Deus, que tocou direto ao meu coração, disse que Deus tinha preparado grandes coisas pra mim, e que aquele era o ano em que eu passaria no vestibular. Eu acreditei, Deus renovou as minhas forças, minha fé, e me fez vencedora, me dando uma bolsa numa das melhores faculdades de administração de Alagoas. Todo mundo se surpreendeu, eu fui a primeira e única do colégio a ganhar uma bolsa de estudos, a minha diretora, que tanto me criticava e achava que eu não passaria em nada, me parabenizou, ficou toda orgulhosa por ter sido da escola dela.. e enfim, toda honra e toda glória para Deus. E esse ano, eu fiz milhares de entrevistas de estágio e não era chamada pra nenhuma, eu estava quase desistindo, disse a Deus que aquela era a última entrevista que eu faria e que se fosse de Sua vontade, eu conseguiria.. passou o carnaval, e nada de me ligarem, na quarta-feira de cinzas a noite, eu orei antes de dormir e me deitei, e uma voz falou ao meu coração para que eu voltasse e orasse pelo estágio, enquanto eu orava, algo me falou que a vaga seria minha, eu fui dormir convicta de que me ligariam de manhã, deixei o celular na cabeceira da minha cama, e assim aconteceu. Eu agradeci tanto ao Senhor, que nem tinha mais palavras pra expressar a minha tamanha gratidão. Hoje estou cursando o 3º indo para o 4º período de adm, e estagiando numa corretora de seguros, e meu patrão já quer me efetivar. Tudo isso para honra e Glória de Jesus. Eu quero dizer para os todos que lêem isso, que Deus tem operado grandes maravilhas em minha vida, me usando, me despertando, me libertando, me livrando do mal e das tentações, despertando em mim dons espirituais, mas porque eu comecei a dar lugar, a deixar que o Espírito Santo de Deus fizesse morada em mim, me usasse, cumprisse em mim tudo o que Deus tinha planejado para minha vida. Eu abri mão de muitas coisas que não agradavam ao Senhor, de um relacionamento com uma pessoa que eu amava muito, mas que não me fazia bem e que de certa forma me levava para o mundo, e o principal, não era da vontade de Deus, não era o que Ele tinha planejado pra mim. Então eu quero dizer a todos, que dêem lugar a Jesus, deixe-O entrar em suas vidas, Jesus não vai entrar na vida e no coração de ninguém arrombando tudo, Jesus bate a sua porta, e se vc abrir e permitir que Ele entre, Ele entrará e fará morada, e sua vida com certeza será bem melhor, como a minha hoje é. Abra mão de tudo que não te faz bem e desagrada ao Pai, abra mão dos tesouros dessa terra, e almeje os do céu, se afaste e peça libertação das coisas do mundo, e com certeza Deus dará, assim como tem me dado a cada dia. Você vai ver o quanto sua vida vai mudar, como é bom viver perto de Deus e está sempre em comunhão com Ele, agradeça-O pelas bênçãos, pelos livramentos diários, pelas tentações que Ele tem passado de ti. Deus é maravilhoso, deixe que tudo seja dEle, por Ele, Para Ele. JESUS TE AMA e quer mudar sua vida. Amém.

——————————————————————————————————————————

●  1Forte Princesa: Chamado

Meu nome é Mariane hoje tenho 13 anos, vou contar um pouco do que eu vivi . Então … meus pais sempre foram evangélicos , quando eu nasci fui apresentada na igreja e tal . Daí eu fui crescendo , quando eu fiz 6 anos eu entrei pro conjunto das crianças na igreja , sempre gostei de louvar , participei de grupos de coreografias , fazia peça , desde pequena , daí quando tinha 10 anos eu participei da ultima festividade infantil na igreja , e logo assim meus pais se afastaram , como eu era apenas uma criança me afastei tbm , ai tá , chegou o ano de 2010 quando eu fiz 11 anos , minha vida continuou a mesma coisa de sempre , mas quando chegou 2011 que eu fiz 12 anos , nossa esse foi o pior ano de toda minha vida , eu sofri causas na família , no amor , nas amizades , na minha vida sentimental , comecei a me achar feia , tive depressão , fiquei 1 mês sem falar com meu tio porque nós brigamos , ele me humilhava e eu sentia muito , sofria muito por isso , me apaixonei por um menino e minha amiga também , dai eles começaram a namorar e eu sofria com isso , passei noites e mais noites chorando ,e no final do ano pra completar eu comecei a me envolver com bebidas e amizades que me levavam pro mal , dai chegou o ano novo , dia 31 de dezembro de 2011 quando o relógio marca a 00:00 todos desejando um feliz ano novo ao outro , eu olhei pro céu e pedi a Deus que de alguma forma ele me fizesse voltar para seus caminhos ,porque eu sentia falta da igreja sabe ? então eu comecei a clamar a Deus , e tá . Chegou o famoso ano de 2012 , em fevereiro eu decidi ir a minha antiga igreja fazer uma visita com a minha prima , ai eu conheci um menino , achei ele super simpático e tals , ele tocava no ministerio de louvor e fazia parte do conjunto dos jovens , ficamos ”amigos ” ,as vezes eu desanimava e ele sempre dizia coisas linda de Deus pra mim , e o tempo foi passando , fomos ao batismo da minha avó e no caminho de volta para casa estava eu , ele , minha prima e meu primo , nesse dia eu comecei a sentir algo a mais de amizade ,e a noite no culto de domingo esse dia marcou demais pra mim , sempre que terminava o culto ficávamos horas conversando em frente a igreja , daí nesse dia minha mãe estava me ligando pra eu pudesse ir embora porem ja estava tarde , e ele queria atender o meu celular e dizer a minha mãe que tudo estava tranquilo porque eu estava com ele , daí eu disse a ele q teria que ir embora então ele segurou nas minhas mãos , olhou nos meus olhos e disse ” fica mais um pouco ” , nossa depois desse dia eu tive certeza que amava ele ! Então eu resolvi orar pra Deus confirmar ,o Senhor confirmou e confirma até hoje que é ELE , eu vou me casar com ele *-* Mas teve algo que me partiu o coração , ele mudou de igreja ! Tipo , a minha igreja é filial e a dele é matriz , então ,ele foi pra matriz … Mas eu já entendi o porque disso , é que Deus está me preparando ainda sabe ? eu precisava lhe dar com isso , e além de tudo precisava mais ainda a prestar mais atenção no culto rs pq eu ficava mt ansiosa para o término do culto so pra conversar com ele . Mas eu já aprendi , e Deus já me prometeu que irá trazer ele de volta pra nossa igreja , pois foi ali que tudo aconteceu , Deus me prometeu que meus pais vão voltar … Vai tudo se cumpri ,o Senhor me prometeu muita coisa … e além de pedir eu só tenho que agradecer por tudo que ele fez por mim , hoje eu tenho sonhos que amanhã se tornaram reais . EU TENHO UM CHAMADO ,E JAMAIS VOU ME CALAR , MESMO QUANDO TUDO DIZER QUE NÃO . Já ganhei 2 almas pra Jesus , e espero ganhar mt mais , foi incrivel o que Deus fez comigo . 

——————————————————————————————————————————

● Rebecca (Nuvens-dePapel) -

Bom,meu nome é Rebecca e eu tenho 12 anos…Pode ter certeza que minha idade não diz praticamente nada sobre mim.Muitos me veem como uma simples criança,que tem muito que aprender…bem eu tenho,mas o que quero dizer é que o que contando os episódios de minha vida,parece que já vivi mais.A algum tempo atrás,eu estava perdida no pecado,sim,mesmo sendo uma criança.Eu reclamava demais do que tinha,caia nas tentações que o inimigo me oferecia…eu era alguém feia por dentro.Eu pensava que era feliz desta forma.

  No final de 2012 foi então que eu percebi…Foi então que Deus me aproximou de tua palavra,foi então que eu me senti filha de Deus!

  Neste mês minha irmã me entregou um diário do qual contem versos bíblicos e então todos os dias eu escrevo uma oração,e confesso a Deus meus pecados.

  Eu quero me batizar o quanto antes,para aceitar Jesus como meu único e eterno Salvador.

  Deus me tirou de uma escuridão,me mostrou o que é realmente ser feliz!Jesus morreu por mim,e eu também quero dar minha vida por ele.

  Se sentir filha de Deus,e ter Jesus dentro de si é melhor coisa que pode acontecer a alguém.


0

Página 1 de 1